Como funciona a aposentadoria por hérnia de disco?

Como funciona a aposentadoria por hérnia de disco? Por mais ativo que você seja, é relativamente provável que um dia venha a sofrer com algum tipo de dor nas costas. Existem diversas doenças que afetam a mobilidade da coluna vertebral das pessoas, tornando-as até mesmo inválidas para algumas atividades.

Você provavelmente deve conhecer alguém que se aposentou mais cedo do que o comum por conta de alguma condição de saúde. Existem aqueles casos, inclusive, de pessoas que sofreram algum grave acidente enquanto trabalhavam e que, por isso, ficaram incapacitadas de realizar suas atividades.

aposentadoria por hérnia de disco

No entanto, há também casos de pessoas que vão desenvolvendo condições incapacitantes com o passar dos tempos, e não passam necessariamente por um único evento traumático. Essa costuma ser a situação de pessoas que realizam trabalhos mais braçais e que acabam desenvolvendo hérnia de disco.

Neste artigo você irá aprender um pouco mais sobre o que é a hérnia de disco e, principalmente, como funciona a aposentadoria por conta da doença. Essa condição, inclusive, afeta mais de 5 milhões de brasileiros – e pode resultar em uma inatividade um tanto quanto precoce.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abre o bloco de notas do celular e vem conferir um pouco mais sobre o assunto.

Antes de falarmos sobre a aposentadoria por hérnia de disco, entenda a doença

aposentadoria por hérnia de disco

Antes de você saber como funciona a aposentadoria por hérnia de disco, é preciso entender um pouco mais sobre a doença. Afinal de contas, dores nas costas são sintomas de inúmeros tipos de doenças, então é preciso uma comprovação médica para determinar o seu quadro de fato.

Nossa coluna vertebral conta com vários discos, os quais se posicionam entre as vértebras e funcionam quase como um amortecedor. Eles têm como principal objetivo amortecer os impactos da coluna, justamente para que não ocorra o contato direto entre os ossos dessa região.

Os discos são formados por uma camada rígida e possuem, em seu centro, uma camada meio líquida e gelatinosa. Com o tempo, eles vão se desgastando ao ponto dessa proteção ser capaz de romper e, então, acabar vazando o conteúdo que está no interior.

Com isso, os discos começam a sair para fora e entram em contato com os nervos da coluna vertebral. Esse contato é responsável por causar dores bastante intensas nas costas, assim como diversos outros sintomas como, por exemplo, formigamento em algumas partes do corpo.

A aposentadoria por hérnia de disco depende da incapacidade

É importante ressaltar que a aposentadoria por hérnia de disco depende da incapacidade provocada pela doença. Isso porque uma condição de saúde pode lhe impedir de exercer o seu trabalho de forma temporária, como é o caso de ossos quebrados, por exemplo, mas não a ponto de se aposentar.

Sendo assim, é preciso avaliar se a sua hérnia de disco causa uma incapacidade permanente ou temporária. Os médicos consideram temporária quando há a perspectiva de que uma pessoa possa melhorar, se recuperar da doença, e retornar às atividades do seu trabalho.

Já a capacidade permanente é quando os médicos avaliam que não existe nenhuma ou pouquíssima possibilidade de recuperação do paciente. Sendo assim, ele não teria como voltar a exercer a sua função no trabalho e, por isso, seria considerado incapacitado.

No entanto, a aposentadoria por hérnia de disco irá depender também se a incapacidade do paciente se dá de forma parcial ou total. Ou seja, se a doença permite que ele possa exercer outros tipos de atividade remunerada no trabalho ou que, de fato, não consiga mais trabalhar em nenhuma função.

Existe aposentadoria por hérnia de disco?

Agora que já sabemos um pouco mais sobre a doença e os casos de incapacidade parcial e total, você ainda pode estar se perguntando: existe mesmo aposentadoria por hérnia de disco? A resposta para essa pergunta é sim, mas não vá achando que se trata de algo muito simples não.

Isso porque para que uma pessoa com hérnia de disco possa se aposentar por invalidez ela precisa comprovar que a doença lhe impede de trabalhar. Sendo assim, é necessário que haja a incapacidade permanente e total para que o trabalhador possa se aposentar em razão da doença.

No entanto, é preciso levar em consideração alguns pontos em relação a aposentadoria por hérnia de disco. Primeiramente é entender a evolução da doença, se ela tende a piorar ou melhorar com o tempo. É preciso verificar também se existe um tratamento para essa condição e se ele não causará riscos.

Além disso, considere também se o trabalho da pessoa é capaz de agravar o seu quadro de saúde, como é o caso de quem possui hérnia de disco e lida com carregamento de cargas, por exemplo. A idade avançada também é um fator importante, assim como a possibilidade de exercer outro cargo.

É preciso comprovar que você tem mesmo hérnia de disco

Lembre-se que não basta uma pessoa chegar na empresa e falar que não pode continuar trabalhando por conta da hérnia de disco. É preciso passar por toda uma avaliação médica que, através de exames clínicos, irá comprovar a existência da doença e o quadro do paciente.

No caso de aposentadoria por hérnia de disco, o próprio INSS irá requerer uma série de exames para comprovação da doença. Esses exames, inclusive, não necessariamente serão os mesmos que o médico poderá recomendar para um tratamento – então fique atento.

Procure por um advogado especialista

aposentadoria por hérnia de disco

Não é segredo para ninguém que os processos, de uma maneira geral, costumam levar anos e, muitas vezes, tramitam com dificuldade na justiça. Sendo assim, uma pessoa que busca a aposentadoria por invalidez em decorrência de hérnia de disco deve procurar um advogado especialista.

Um advogado da área será capaz de lhe auxiliar em todo o processo necessário para que a aposentadoria por conta da hérnia de disco vá para frente. Lembre-se que questões como essa exigem diversos exames que comprovem não apenas a existência da doença, como a relação de incapacidade total e parcial.

Relevantes

Trabalhar com dropshipping para ganhar dinheiro vale a pena?

Se você está pensando em começar a trabalhar com o modelo de negócios de dropshipping,…

Saiba como ganhar dinheiro online com a Shopee

Recentemente, a plataforma de vendas shopee anunciou um programa inovador para gerar renda e como…

7 aplicativos para ganhar dinheiro assistindo a vídeos online

Se você está buscando uma maneira eficaz de ganhar dinheiro adicional na internet, existem aplicativos…

Ainda da para ganhar dinheiro com blog em 2023?

Bem-vindo a mais uma oportunidade de aprender como ganhar dinheiro online. Hoje, vamos mostrar-lhe uma…

Como ganhar dinheiro com marketing digital

Quer saber como você pode mudar de vida esse ano ainda? Então você está no…

Nós do site Coluna Saúde sempre recomendamos a busca por um especialista médico. Nosso intuito é apenas agregar informações.

© 2022 Coluna Tech – Todos os direitos reservados.