Dor lombar: o que fazer, quais os tratamentos?

Independentemente da sua idade, é bastante provável que em algum momento da sua vida você já tenha sentido incômodos na região da coluna. Acontece que essas dores, em alguns casos, podem significar uma condição um pouco mais séria, passível de tratamento. E é justamente por isso que você deve ficar atento ao ter uma dor lombar.

Estudos mostram que, ao longo da vida, cerca de 80% das pessoas sentirão dores nas costas. Muitos desses incômodos, inclusive, podem ser resultado de doenças mais sérias, como a hérnia de disco, ou, até mesmo, a lombalgia – a qual iremos tratar sobre no decorrer deste artigo.

Além disso, ao contrário do que muitos pensam, a dor lombar não atinge apenas pessoas mais velhas. O fato é que jovens e adolescentes também são afetados por essa doença que, se não tratada, pode evoluir para condições mais complicadas, as quais são capazes de afetar a vida dos pacientes.

Neste artigo você conhecerá um pouco mais sobre a tão famosa dor lombar, que atinge milhões de brasileiros. Essa é uma condição que precisa ser tratada, para que não evolua e cause ainda mais incômodos aos pacientes, e exige acompanhamento médico para soluções seguras.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre o assunto.

O que é a dor lombar?

Também chamada de lombalgia, a dor lombar é nada mais nada menos do que uma série de dores que se concentram na parte inferior da coluna vertebral, a coluna lombar. É aquela típica dor próxima à bacia que, além de ser extremamente incômoda, pode dificultar alguns movimentos do corpo.

Entre as dores nas costas, essa é uma das mais comuns. Cerca de 3 em cada 4 pessoas no mundo sofrem com dor lombar. Essa condição, inclusive, é tida como um dos principais motivos de afastamento do trabalho, visto que pode dificultar a locomoção quando não for bem tratada.

São muitos os fatores que podem levar as pessoas a sofrerem com esse tipo de dor. Os simples fatos de muitas pessoas passarem muitas horas de seus dias sentados em cadeiras de escritório, por exemplo, podem levar ao aparecimento do incômodo. Isso por conta da carga constante sobre a coluna.

Ainda assim, vale ressaltar que a dor lombar não apenas conta com tratamentos que ajudam a aliviar os incômodos como, também, pode ser prevenida. Há uma série de ações que as pessoas podem fazer para evitar dores do gênero. No entanto, é bastante provável que, em algum momento da sua vida, você venha a sentir uma dor semelhante.

Quais são os tipos de dor lombar

Se você pensava que só existia um tipo de dor lombar, sinto lhe informar que estás enganado. Isso porque, apesar de não ser uma doença, e sim um sintoma de problemas clínicos, a lombalgia pode ocorrer de duas formas diferentes: aguda ou crônica.

Dor lombar

A dor lombar aguda, como o próprio nome já diz, costuma ser bastante intensa. Ela costuma aparecer de maneira súbita, às vezes após um esforço físico extremo, podendo desaparecer em pouco tempo ou durar até mesmo por semanas. Geralmente, é causada por um mau jeito na coluna, podendo piorar com os mais simples movimentos.

No entanto, esse não é o pior tipo de lombalgia. Apesar de não ser tão intensa quanto, a dor lombar crônica é aquela que precisamos ter um pouco mais de atenção. Isso porque o incômodo, quando crônico, pode se estender por meses ou, até mesmo, durar uma vida inteira.

Esse tipo de lombalgia é mais comum em pessoas com mais de 50 anos de idade, apesar de também poder acometer os mais jovens. Vale ressaltar ainda que, na grande maioria das vezes, essa condição pode indicar uma situação muito mais grave na coluna vertebral e, por isso, precisa de acompanhamento e tratamento especializado.

Quais são os sintomas da dor lombar?

Agora que você já sabe que existem dois tipos diferentes de lombalgia, pode estar se perguntando: mas afinal de contas, quais são os principais sintomas da dor lombar? É preciso estar atento a essas questões para identificar logo a condição e, se necessário, buscar a ajuda de um fisioterapeuta ou médico ortopedista.

Os sintomas causados pela dor lombar costumam variar bastante de acordo com o estilo de vida das pessoas. Aqueles que costumam fazer mais exercícios físicos, por exemplo, podem ser que não sintam dores tão constantes quanto aqueles que passam mais tempo sentados em suas cadeiras.

De toda forma, pessoas com dores lombares costumam ter dificuldade de ficar de pé ou fazer alguns movimentos. Essa condição, inclusive, causa uma sensação de queimação ou fisgada na região da lombar, próxima a bacia.

As dores causadas pela lombalgia, muitas vezes, acabam, atingindo também as pernas do paciente. É aquele típico incômodo nas pernas, uma dor chata e irritante. Além disso, dependendo do grau, a dor lombar pode ser bastante intensa e perdurar por algum tempo.

Quais são os tratamentos para dor lombar?

Mas, afinal de contas, quais são os tratamentos indicados para pessoas que sofrem com dor lombar? O fato é que essa é uma condição que dificilmente irá exigir um tratamento mais complexo. Na grande maioria das vezes, a medicação ideal, aliada a uma rotina segura por algum tempo, resolve.

Dor lombar

Ainda assim, há algumas ações que você pode adotar para aliviar as dores e se livrar de uma vez por todas da dor lombar. Confira:

Repousar (mas não completamente)

O repouso é bastante indicado para pessoas que sofrem com dor lombar. No entanto, isso não significa que você precise ficar o dia inteiro na cama. Essa atitude, inclusive, pode acabar piorando a situação e atrofiando mais os músculos. O ideal é que não faça exercícios muito pesados enquanto a dor durar.

Alongamentos

Uma das melhores maneiras de aliviar os incômodos da lombalgia é através de alongamentos. Essa prática ajuda a reforçar e relaxar os músculos, fazendo com que eles não fiquem rígidos e causem ainda mais dores.

Fisioterapia

O tratamento ideal para pessoas que sofrem com dor lombar é, justamente, a fisioterapia. Um médico fisioterapeuta poderá recomendar os exercícios mais seguros para relaxar os músculos, amenizar as dores e evitar que o incômodo volte a aparecer.

Medicamentos

Como já citado anteriormente, na grande maioria das vezes o repouso parcial acompanhado de medicamentos ideais ajudam a aliviar a dor lombar. Ibuprofeno e aspirina são alguns dos remédios que reduzem inflamações e controlam as dores. No entanto, é importante que sejam prescritos por um médico.

Relevantes

Trabalhar com dropshipping para ganhar dinheiro vale a pena?

Se você está pensando em começar a trabalhar com o modelo de negócios de dropshipping,…

Saiba como ganhar dinheiro online com a Shopee

Recentemente, a plataforma de vendas shopee anunciou um programa inovador para gerar renda e como…

7 aplicativos para ganhar dinheiro assistindo a vídeos online

Se você está buscando uma maneira eficaz de ganhar dinheiro adicional na internet, existem aplicativos…

Ainda da para ganhar dinheiro com blog em 2023?

Bem-vindo a mais uma oportunidade de aprender como ganhar dinheiro online. Hoje, vamos mostrar-lhe uma…

Como ganhar dinheiro com marketing digital

Quer saber como você pode mudar de vida esse ano ainda? Então você está no…

Nós do site Coluna Saúde sempre recomendamos a busca por um especialista médico. Nosso intuito é apenas agregar informações.

© 2022 Coluna Tech – Todos os direitos reservados.