Dor na base da coluna: o que pode ser?

Nos dias atuais, com cada vez mais pessoas trabalhando sentadas em frente ao computador, muitas são atingidas pela dor na base da coluna. Essa dor, também conhecida como lombalgia, normalmente não é grave e acomete 90% da população em algum momento da vida.

Em primeiro lugar, a lombalgia pode ter sido causada por má postura, movimentos repetitivos ou até mesmo por muito tempo em uma postura. Podendo ser solucionada facilmente com repouso absoluto, medicamentos indicados para dor, massagens no local da dor e até mesmo compressas quentes.

No entanto, quando a dor se torna muito intensa e constante, o mais indicado é procurar ajuda de um médico especialista. Lembrando que essas dores podem ser acompanhadas de falta de ar, dormência, formigamento nas pernas ou nos glúteos.

dor na base da coluna.

Mas, se engana quem pensa que toda dor na base da coluna tem essas origens, existem também outras causas. A seguir, mostraremos algumas causas de dores que acometem a coluna, ou melhor, a base da sua coluna.

7 motivos que causam dor na base da coluna

Existem vários motivos que podem causar dor na base da coluna, sendo algumas delas: lombalgia, contraturas musculares, espondilose e hérnias discais. Dentre elas, a lombalgia é a principal causadora dessa dor na coluna, acometendo até 90% dos casos.

Contudo, não podemos deixar de lado essas outras causas dessa dor, pois cada uma delas necessita de um tipo de tratamento. Sendo que o seu diagnóstico só pode ser feito por um médico, especialista em doenças da coluna.

1.     Lombalgia

Podemos definir a lombalgia como uma dor na região lombar, portanto, na região mais baixa da coluna próxima da bacia. Sendo assim, a dor pode se estender para a região das nádegas, posterior das coxas, mas não além do joelho.

Além disso, ela é a causa de 90% das dores na coluna lombar, sendo a principal responsável pela dor. Para concluir, também é a segunda causa mais frequente de serviços médicos e a principal causa de afastamento do serviço.

2.     Contraturas musculares

As contraturas musculares são uma importante causa para o surgimento de dor nas costas, mais frequentemente, na região lombar. Muitas vezes, a dor surge com a realização de algum movimento, popularmente apelidadas de dar um “mau jeito nas costas”.

A dor nas costas ao levantar da cama pode também estar relacionada com más posições para dormir ou o colchão não ser adequado. No entanto, muitas dessas dores também estão relacionadas a alterações da postura da coluna, que acabam causando contraturas musculares nas costas.

3.     Espondilose

A espondilose ou artrose na coluna, também é uma alteração degenerativa da coluna vertebral, que pode causar muitas dores na base da coluna. Lembrando que a intensidade da dor pode variar ao longo do dia, modificar com a posição, as atividades e os movimentos.

Na maioria das pessoas essa dor não é tão intensa ao ponto de incapacitar a realização de tarefas do dia a dia. Aliás, é comum que a dor seja limitada pela coluna e afete apenas alguns segmentos do corpo.

4.     Hérnia de disco

Além de provocar dor, as hérnias de disco podem também desencadear alterações neurológicas na coluna, provocando compressão e inflamação dos nervos. Aliás, o sintoma mais frequente da hérnia discal, é a dor ciática, que irradia para as pernas, tornozelos e pés.

Além da dor ciática, também podem causar formigueiros, adormecimento, alterações na sensibilidade e fraqueza muscular do membro afetado.

5.     Principais sintomas da dor na base da coluna

Aqui, mostraremos alguns sintomas da dor na base da coluna, lembrando que dependendo do tipo de dor, os sintomas podem variar.

Sendo assim, os sintomas mudam de acordo com o estilo de vida do paciente e outros problemas clínicos que podem estar causando essas condições.

Dentre os principais sintomas da dor na base da coluna, podemos destacar:

·       Sensação de queimação ou “choque” na região lombar;

·       Incapacidade de ficar de pé ou se movimentar livremente (coluna “travada”);

·       Irradiação da dor para as pernas (ciatalgia);

·       Dor intensa e aguda, incapacitante ou persistente.

Dessa maneira, vale ressaltar que se a dor lombar durar mais de 12 semanas, já pode ser chamada de lombalgia crônica. Sendo bem mais difícil de tratar e querer um tipo de abordagem diferente, com equipe multidisciplinar formada por neurocirurgião, reumatologista, fisiatra e ortopedista.

6.     Como fazer o diagnóstico dessas dores?

Essa talvez seja a parte mais importante: o diagnóstico. Pois, só através dele que podemos identificar o problema. Após identificar o problema, o médico especialista pode fazer o diagnóstico após uma anamnese das dores sentidas pelo paciente.

Em algumas situações há necessidade da realização de exames de imagem, de sangue ou biópsia para verificar as possíveis causas da dor lombar.

Depois do diagnóstico, é indicado algum tratamento para a dor lombar. Entretanto, existem exceções, como em casos mais raros e graves, como síndrome da cauda equina ou hérnia de disco.

7.     Opções de tratamento para dor na base da coluna

Dentre algumas das possíveis abordagens para o tratamento, a prescrição de medicamentos anti-inflamatórios, analgésicos e relaxantes musculares, é muito comum. Seja para aliviar a dor ou até mesmo realizar uma melhor reabilitação e em casos mais graves, a medicação será por meio de injeções.

Assim, por meio de injeções, a medicação atua de forma mais rápida e reduz eficazmente mesmo a dor forte. Sentindo alívio rápido das dores, não deve interromper o tratamento médico, deve-se terminar a medicação de acordo com a prescrição.

Em casos mais leves, o tratamento pode ser feito em casa, por meio da aplicação de gelo, na fase aguda. Assim, com duração de 15 minutos, por 3 ou 4 vezes ao dia, lembrando de nunca aplicar a bolsa de gelo diretamente na pele.

Após a fase aguda, a aplicação de bolsas de calor é muito importante para que os músculos possam relaxar. Pode fazer a aplicação de compressas de água quente nas zonas dolorosas ou tomar um banho de imersão em água quente.

Outra possibilidade de tratamento é o repouso, podendo ele ser crucial e necessário para realizarmos um bom trabalho de recuperação. Mantendo repouso deitado e relaxar ao máximo, numa posição confortável, fundamentalmente nos casos em que existem muitas dores musculares.

Lembre-se sempre: procure um especialista para um diagnóstico correto e escolha o tratamento mais adequado para cada caso.

Relevantes

Trabalhar com dropshipping para ganhar dinheiro vale a pena?

Se você está pensando em começar a trabalhar com o modelo de negócios de dropshipping,…

Saiba como ganhar dinheiro online com a Shopee

Recentemente, a plataforma de vendas shopee anunciou um programa inovador para gerar renda e como…

7 aplicativos para ganhar dinheiro assistindo a vídeos online

Se você está buscando uma maneira eficaz de ganhar dinheiro adicional na internet, existem aplicativos…

Ainda da para ganhar dinheiro com blog em 2023?

Bem-vindo a mais uma oportunidade de aprender como ganhar dinheiro online. Hoje, vamos mostrar-lhe uma…

Como ganhar dinheiro com marketing digital

Quer saber como você pode mudar de vida esse ano ainda? Então você está no…

Nós do site Coluna Saúde sempre recomendamos a busca por um especialista médico. Nosso intuito é apenas agregar informações.

© 2022 Coluna Tech – Todos os direitos reservados.