O que é cervicalgia?

Quando movimentos básicos do nosso dia-a-dia começam a ficar complicados de se fazer, é um sinal de que a saúde já não vai muito bem. Algo que está sendo cada vez mais frequente entre as pessoas é, justamente, as dores na parte superior das costas. Se você é uma das pessoas que sofre essas dores, você precisa saber o que é cervicalgia.

As dores nas costas por si só são encaradas como algo comum ou inevitável por muitas pessoas. Mesmo que cerca de 80% da população venha a experimentar esse incômodo em algum momento na vida, saiba que ele pode ser sintoma de algo um pouco mais complicado e, muitas vezes, precisa de tratamento.

Vale ressaltar ainda que não existe somente um tipo de dor nas costas. Isso porque nossa coluna conta com diversas regiões, as quais podem ser impactadas de maneira diferente. Sendo assim, cada dor nas costas costuma ter um motivo e sintoma variado – e você precisa ficar atento a isso.

cervicalgia

Neste artigo você irá aprender o que é exatamente a cervicalgia, condição que vem afastando cada vez mais trabalhadores. Além disso, saberá as principais formas de tratamento envolvendo essas dores e, também, os sintomas que podem facilitar na hora do diagnóstico.

Dito isso, pegue logo o seu caderno de anotações ou abra o bloco de notas do celular e venha conferir um pouco mais sobre:

O que é exatamente a cervicalgia?

Mas afinal de contas, o que é a cervicalgia? Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, ela não se trata de uma doença. Na verdade, a cervicalgia é uma afecção, ou seja, uma alteração patológica do corpo, caracterizada principalmente pela dor que atinge parte da cervical.

Quando falamos em dores na coluna, muitas vezes pensamos somente naquelas que atingem a região lombar ou mais ao centro. Apesar dessas poderem evoluir para quadros mais graves, elas não são as únicas. Isso porque as dores cervicais estão se tornando cada vez mais frequentes entre as pessoas, sobretudo as que trabalham em escritórios.

Sendo assim, pode-se dizer que a cervicalgia é caracterizada por aquelas dores que atingem a parte superior da coluna, os ombros e, também, o pescoço. São dores geralmente bastante chatas, que passam uma sensação de cansaço e, apesar de não serem tão agudas, incomodam bastante.

Além disso, diversos fatores podem acabar contribuindo para a cervicalgia. Até mesmo outras doenças na coluna são capazes de influenciar esses tipos de dores. E é justamente por isso que você que está sentindo incômodos nessa região deve procurar por um médico especializado.

Quais são os sintomas da cervicalgia?

Agora que você já sabe o que é cervicalgia, deve estar se perguntando quais são os principais sintomas. O fato é que pessoas que sofrem com essa condição costumam sentir uma maior rigidez dos movimentos próximos aos ombros, na parte superior das costas e no próprio pescoço.

Um dos sintomas mais comuns nesses casos são os espasmos musculares, que ocorrem não apenas nas regiões cervicais como, também, supra escapulares. Além disso, ações simples como rotacionar o corpo ou movimentar o pescoço de um lado para o outro passam a ser difíceis de se realizar.

Em relação às dores, a maior característica da cervicalgia são aqueles incômodos que têm início na região da nuca, se estendendo até mesmo ao couro cabeludo. Sensação de ombros pesados e rígidos, às vezes até mesmo com uma certa ardência, é outro sintoma dessa condição.

Vale ressaltar também que em casos mais avançados de cervicalgia, o paciente pode sentir um certo formigamento nos braços e ombros. Da mesma forma, essas partes do corpo podem ficar mais fracas do que o comum, dificultando tarefas simples como digitar ou segurar alguma coisa.

Possíveis causas da cervicalgia

Você que já sabe o que é a cervicalgia e se enquadra em alguns dos sintomas dessa condição pode estar se perguntando: como foi que isso me afetou? O fato é que existem diversos fatores que acabam influenciando para a ocorrência de cervicalgia, alguns comuns no próprio dia-a-dia.

A má postura é uma das principais causas da cervicalgia, justamente gerar uma sobrecarga sobre os músculos cervicais. Sendo assim, se sentar com a coluna torta e não ereta, utilizar computador e notebook muito acima ou abaixo da linha dos olhos ou até mesmo usar o celular olhando para baixo por muito tempo contribuem para isso.

Além disso, saiba que fatores emocionais também podem resultar na ocorrência de cervicalgia. Isso porque o estresse, por exemplo, acaba fazendo com que os nossos músculos fiquem muito tensos, podendo ficar rígidos e até mesmo doloridos. Complicações no trabalho, dificuldades em casa e em relacionamentos afetam nesse sentido.

Vale ressaltar também que estar em um ambiente de trabalho não ergonômico acaba sendo prejudicial para a coluna cervical também. Imagine, por exemplo, alguém que trabalha oito horas por dia sentado, com o computador muito abaixo da linha dos olhos e com a coluna torta. Todos esses fatores, bastante comuns inclusive, podem resultar na cervicalgia.

Quais são os tratamentos para cervicalgia

Da mesma forma que existem diversos fatores que podem levar a essa condição, também existem muitos tratamentos. Sendo assim, você que já sabe o que é cervicalgia pode estar buscando uma forma de amenizar as dores relacionadas à coluna cervical, não é mesmo?

Conheça algumas formas de tratamento:

1.    Medicamentos

Em uma fase inicial, quando as dores não são tão intensas e nem constantes, a cervicalgia pode ser tratada com alguns medicamentos. Analgésicos e relaxantes musculares costumam ser bastante eficazes para amenizar os incômodos causados por essa condição e deixá-lo mais aliviado.

No entanto, vale ressaltar que nenhum medicamento deve ser tomado sem prescrição médica. Sendo assim, é importante consultar um profissional antes de recorrer aos remédios.

2.    Fisioterapia

A fisioterapia também é uma forma de aliviar os efeitos da cervicalgia. Isso porque ela proporciona o alongamento dos músculos cervicais, resultando na recuperação de uma maior flexibilidade dos mesmos. Existem vários exercícios que podem ser adotados com esse intuito.

3.    Hábitos do dia-a-dia

Apesar de não ser exatamente um tratamento, existem diversos hábitos do dia-a-dia que podemos adotar para não sofrermos com cervicalgia. Exigir e trabalhar em um ambiente ergonômico, sentar-se com boa postura e utilizar o celular da maneira adequada, sem ficar olhando pra baixo o tempo todo, são algumas formas.

Relevantes

Trabalhar com dropshipping para ganhar dinheiro vale a pena?

Se você está pensando em começar a trabalhar com o modelo de negócios de dropshipping,…

Saiba como ganhar dinheiro online com a Shopee

Recentemente, a plataforma de vendas shopee anunciou um programa inovador para gerar renda e como…

7 aplicativos para ganhar dinheiro assistindo a vídeos online

Se você está buscando uma maneira eficaz de ganhar dinheiro adicional na internet, existem aplicativos…

Ainda da para ganhar dinheiro com blog em 2023?

Bem-vindo a mais uma oportunidade de aprender como ganhar dinheiro online. Hoje, vamos mostrar-lhe uma…

Como ganhar dinheiro com marketing digital

Quer saber como você pode mudar de vida esse ano ainda? Então você está no…

Nós do site Coluna Saúde sempre recomendamos a busca por um especialista médico. Nosso intuito é apenas agregar informações.

© 2022 Coluna Tech – Todos os direitos reservados.